A realidade aumentada parece ser a bola da vez para o grupo de Mark Zuckerberg. Em evento para programadores, no início de outubro, o CEO do Facebook deixou claro que pretende misturar cada vez mais o real com o virtual. Os aplicativos do próprio Facebook e também do Instagram passam a contar com essa possibilidade – por enquanto restrita a alguns parceiros – por meio do sistema chamado Spark AR.

O objetivo, claro, é ajudar as empresas a seduzir clientes. E se o consumo está cada vez mais baseado em experiência – e as compras, virtuais –, por que não juntar tudo o que as pessoas gostam para aumentar a chance de venda? 

A ideia é que recursos de realidade aumentada permitam que os clientes testem, da forma mais realista possível, os produtos antes de comprar. E depois, logicamente, façam a encomenda com poucos toques na tela. 

A conversão rápida (provavelmente impulsiva) tem sido uma busca incessante do Facebook e, principalmente, do Instagram. A integração com cartão de crédito e as funções de compra dentro do aplicativo se somam ao uso de realidade aumentada para vender mais.

Por enquanto marcas de cosméticos (Mac e Nars) e óculos (Warby Parker e Ray-Ban) podem utilizar o recurso. Em breve ela deve ser disponibilizada a outras empresas e setores. Além de ver se um batom ou óculos combina com seu rosto, o cliente tem a chance de compartilhar nos stories a experiência, divulgando ainda mais os produtos.

O uso de realidade aumentada para demonstrar produtos não chega a ser uma novidade. O que cria grande expectativa é saber o quanto o mercado vai aderir agora que está em duas das redes sociais mais populares do mundo. Se antes era preciso um app específico para interagir com determinada marca ou ponto turístico, com a chegada da tecnologia em aplicativos que “todo mundo” tem instalados a adesão do público tende a crescer consideravelmente.

Para explorar o recurso e familiarizar os usuários com a realidade aumentada, o Instagram e o Facebook já haviam anunciado, em agosto, uma plataforma de filtros com a tecnologia aberta a todos os criadores, desenvolvedores, designers, marcas e pessoas que quisessem criar os próprios efeitos.

Autor(a)

Time de redação de conteúdos exclusivos da BrazilJS.
É um time diverso, focado e dedicado a trazer o melhor do mundo da Tecnologia e Desenvolvimento Web com a curadoria BrazilJS.