A Elo encontrou uma forma bem interessante para apresentar a possibilidade de pagamento por aproximação com seu sistema no Google Pay. O filme intitulado “Elo com Google Pay é pra já” mostra o quanto a tecnologia pode facilitar (ou salvar!) a vida dos usuários.

Um pequeno avião leva cliente e vendedor a 8 mil pés de altitude. Só que o produto em questão é… O paraquedas. Enquanto o primeiro salta sem o equipamento, mas com o celular pronto para pagar por ele em mãos, o segundo se joga no ar com seu paraquedas nas costas e outro para vender.

Como são dois profissionais do esporte, a ideia logicamente funcionou. Confira:

A tecnologia implementada pela Elo via Google Pay é voltada a gadgets com NFC (Near Field Communication), que permite que eles se conectem sem cabos ou fios, apenas pela proximidade física. Esse recurso não é uma novidade, mas a segurança nas transações financeiras está fazendo com que as empresas disponibilizem cada vez mais formas de utilizá-lo.

O NFC funciona por meio de uma frequência de rádio com alcance bem curto, mas suficiente para trocar pequenos pacotes de dados. O processo é considerado mais seguro que o Bluetooth por não exigir qualquer tipo de pareamento. Além disso, não envolve qualquer outro aparelho na conexão. É preciso que os dispositivos tenham o chip e estejam a uma distância de até 10 centímetros, aproximadamente.

A tecnologia não chega a ser nova, mas seu uso tem ganho popularidade à medida em que novas funcionalidades são pensadas. Além dos pagamentos, é possível usar dispositivos com NFC para transferência de outros tipos de dados e até mesmo programar tarefas. Algumas tags com a tecnologia permitem programar o gadget para cumprir determinadas funções sempre que estiver próximo. Por exemplo: deixar uma etiqueta com NFC sobre a mesa para que o telefone entre no modo silencioso sempre que depositado ali.

Autor(a)

Time de redação de conteúdos exclusivos da BrazilJS.
É um time diverso, focado e dedicado a trazer o melhor do mundo da Tecnologia e Desenvolvimento Web com a curadoria BrazilJS.