Algoritmos e realidade virtual na Web.br 2017

Principal encontro brasileiro sobre tendências e boas práticas de desenvolvimento Web, a Conferência Web.br deste ano promoverá discussões que buscam “Transcender a Web”, como diz o tema do evento.
A 9ª edição do evento abriu inscrições no dia (25/05) e acontecerá nos dias 24 e 25 de outubro, em São Paulo, com promoção do Escritório Brasileiro do World Wide Web Consortium (W3C Brasil) e realização do Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (Ceweb.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).
Os interessados podem adquirir os ingressos no valor promocional de R$ 80,00 no site do evento: http://conferenciaweb.w3c.br/.
O primeiro lote estará disponível apenas até 24 de junho.

A realidade virtual na Web, tecnologia em crescente expansão, será discutida na Web.br 2017 sob perspectivas técnicas de processamento de experiências imersivas, além de questões de design de interação e usabilidade. Outros tópicos que farão parte da agenda são: algoritmos, Internet das Coisas na Web (IoTw), publicações digitais, privacidade e dados pessoais, entre outros.

“A Conferência reúne, desde 2008, centenas de pessoas, entre desenvolvedores, designers, gestores, estudantes e usuários interessados em debater o presente e o futuro do ecossistema da Web. Neste ano, é imprescindível levantar a discussão da Web que transcende os limites das telas de um computador ou de um celular. Cada vez mais, experiências imersivas trazem à tona o debate sobre como o ser humano irá interagir com essas tecnologias e ter o real controle dos eventos. São desafios urgentes e somente com a contribuição de todos teremos, de fato, a evolução da Web”, fiz Vagner Diniz, gerente do Ceweb.br.

Edições anteriores

Na Conferência Web.br 2016, mais de 400 participantes estiveram envolvidos em discussões sobre temas como dados na Web, compras on-line, design thinking, acessibilidade na Web, games, aplicações Web, ataques DDoS, na companhia de especialistas como Bert Bos, um dos inventores do CSS, e Dave Raggett, à frente do grupo de trabalho de Web das Coisas do W3C, entre outros profissionais com ampla experiência nas áreas de atuação e reconhecidos pela comunidade Web.


BrazilJS é uma iniciativa NASC