NPM 4

Em:

O tão famoso gerenciador de pacotes padrão para o Node.js, chegou na sua versão 4.0.0.

Dentre as novidades da versão 4.0.0, algumas são bastante significativas, mas não tão impactantes quanto as mudanças que ocorreram na versão 3.0.0, que foi anunciada há mais de um ano. Destacam-se entre as mudanças, a reimplementação do método npm search (que, em algumas situações, por apresentar falhas de estouro de memória, teve esse caminho), o método prepublish que tornou-se obsoleto e a branch principal/padrão do git que passou a ser a ‘latest’ e não mais a ‘master’.

A equipe por trás do NPM 4 que utiliza o semver – que nada mais é do que um controle de versionamento semântico – aposta em um ritmo de libertação de versão acelerada, concentrando-se em usabilidade, recursos e desempenho.

Alterações significativas

Um breve resumo das alterações mais significativas que estão incluídas nesta versão:

  • npm search reescrito para transmitir resultados. Já não suporta a classificação.
  • npm scripts não mais adiciona ao começo o caminho do executável do Node.js utilizado previamente para rodar os scripts do npm. A opção --scripts-prepend-node-path foi adicionada para configurar esse comportamento.
  • npat foi removido.
  • prepublish tornou-se obsoleto, substituído por prepare. O prepublishOnly foi adicionado temporariamente, e será executado apenas no npm publish.
  • npm outdated sai com código de saída 1, se encontrar um ou mais pacotes desatualizados.
  • npm tag foi removido depois de um ciclo de depreciação. Use agora o comando npm dist-tag.
  • A branch padrão do git não é mais a ‘master’. A partir de agora será utilizado a ‘latest’.

Novidades a caminho

Toda grande mudança pode trazer consigo alguns pequenos problemas. Por esse motivo, já foi liberada uma nova versão de correção. A versão 4.0.1 apresenta mais mudanças na documentação – que passaram despercebidas – do que correções de bugs ou mudanças drásticas.

Por trás do anúncio da versão 4.0.0, a equipe aproveitou a oportunidade e anunciou também que o lançamento da versão NPM 5.0.0 será no primeiro quarto do próximo ano (2017).

Conclusão

Essas novidades nos mostram que a empresa NPM Inc continua acreditando no seu potencial. Como não sabemos qual o rumo os gerenciadores de pacotes vão tomar, vale ficar atento às novidades. Conhecendo os feitos da NPM, vamos aguardar por boas novidades. E você, já experimentou essa nova versão? Compartilhe conosco como foi ou está sendo sua experiência nos comentários abaixo.

Referências

Segue abaixo alguns links úteis onde é possível obter mais informações sobre a versão 4.0.0 e 4.0.1 do NPM:

Cursos recomendados pela BrazilJS

    • JavaScript só é difícil para quem começa do fim

      JavaScript só é difícil para quem começa do fim. Há poucos anos, desenvolver web apps era muito fácil, por exemplo, usávamos PHP (ou qualquer outra linguagem server side, como Python ou Ruby), alguns ifs e fors e renderizávamos HTML facilmente. Só precisávamos conhecer HTML, CSS e uma linguagem server side. Vamos voltar no tempo e […]

    • HTTPS – Vamos encriptar

      Como comentei no post “A stack BrazilJS”, começamos nosso ambiente e aplicações do zero. Habilitar HTTPS era mais do que nossa obrigação. Lançamos o novo site no dia 04/02/2016 e a partir do dia 06/02/2016 estamos habilitando HTTPS para todas as aplicações. Atualmente estamos em um movimento onde todos estão (ou deveriam estar) migrando para […]

    • Como saber o ponto mais crítico do meu código e como otimizá-lo?

      Muitos desenvolvedores devem se perguntar isso, além de se questionarem em relação à performance e sobre os custos de seu código.

    Patrocinadores BrazilJS

    Gold

    Silver

    Bronze

    Apoio

    BrazilJS® é uma iniciativa NASC.