Principais tecnologias para ficar de olho em 2018

A área de desenvolvimento de tecnologias é extremamente dinâmica.
Diversas ferramentas e linguagens surgem todos os anos. Ao mesmo tempo, o mercado já não deseja mais profissionais capacitados para apenas uma ou outra tecnologia, mas sim, especialistas prontos para trabalhar em qualquer que seja a melhor solução para seu cliente ou projeto.

Acompanhar os lançamentos e identificar quais são as tecnologias mais adotadas pelo mercado é imprescindível para profissionais e desenvolvedores de software.
Para simplificar essa análise, separamos algumas tendências e tecnologias frontend e backend que estão em alta:

PWAS (Progressive Web Apps)

PWAs são um conjunto de tecnologias que permitem criar experiências incríveis na Web.
As Progressive Web Apps são rápidas, confiáveis e não precisam de uma “app store”.
Em resumo, PWAs são páginas Web ou Web Apps com superpoderes.
Com o avanço das tecnologias Web, é possível criar praticamente qualquer aplicação que rodará de maneira otimizada em múltiplas plataformas.
Google, Microsoft, Mozilla, entre outras gigantes da tecnologia estão apostando nas PWAs, trazendo casos de uso e novas APIs para que a tecnologia seja tão eficiente e até melhor em alguns casos do que aplicações nativas.
O termo “PWA” foi criado pelo designer Frances Berriman e pelo engenheiro Alex Russell, ambos do Google, em 2015.

O Felipe Moura, cofundador e autor da BrazilJS é um entusiasta do tema.
Para quem quer se aprofundar, o Felipe deu uma palestra muito legal sobre PWAs no MobileSummit:

React

Apesar de já ter alguns anos, o React continua sendo tendência.
De forma simplificada, o React é apenas uma biblioteca JavaScript para criar interfaces.
Entretando, o React foi e vai além de ser apenas uma ferramenta.
Com o React, devs do mundo todo mudaram sua visão ao criar interfaces.
Além de trazer um novo paradigma, o React nos traz uma série de benefícios, como interface declarativa e um sistema robusto de componentização.
Outro ponto decisivo é a comunidade que se criou em volta da tecnologia. É um ecossistema muito rico.
Não podemos deixar de comentar que o React é um projeto open-source, criado, mantido e utilizado pelo Facebook.

Exemplo React

Vue.js

Uma excelente e popular alternativa ao React é o Vue.js.
O Vue.js é muito versátil e é muito performático.
Uma de suas características principais é a facilidade comparada com outras bibliotecas semelhantes.
Uma curiosidade interessante é que o Vue.js foi criado por um ex-funcionário do Google que trabalhava com AngularJS.

Exemplo Vue.js

Rust

Rust é uma linguagem de programação criada pela Mozilla.
O objetivo principal da linguagem é possibilitar a criação de softwares super rápidos e seguros.
Rust é uma linguagem morderna e foca no uso de concorrência para resolver problemas e dar velocidade aos programas criados com a linguagem.
O ecossistema da linguagem é incrível e, cada vez mais, surgem soluções desenvolvidas com Rust.
Com certeza, essa é uma aposta não somente para 2018, mas para os próximos anos 😀

Rust exemplo

WebAssembly

WebAssembly é uma das tecnologias mais legais criadas nos últimos anos.
O WebAssembly, ou somente wasm, é um novo formato, portável, leve e com tempo de carregamento eficiente, adequado para compilação na Web.
Uma nota importante: o WebAssembly é mais leve e mais performático que o JavaScript, porém, a tecnologia não substitui o JavaScript. Pelo contrário, são tecnologias complementares.

O Jaydson, cofundador e autor da BrazilJS fez uma série de artigos sobre WebAssembly no portal.
Para quem ficou curioso ou quer aprender mais sobre a tecnologia, vale muito a pena dar uma conferida.
No artigo, o Jaydson mostra como criar uma calculadora utilizando a linguagem C, e depois levando isso para o navegador com WebAssembly e JavaScript 😱😱😱

Iniciando com WebAssembly – Parte 1
Iniciando com WebAssembly – Parte 2

Exemplo wasm

Conclusão

Estas são apenas algumas das tecnologias e tendências. Esse mundo é realmente incrível e não para um minuto.
E isso que nem listamos aqui VR/AR, Machine Learning e todas essas tecnologias que irão revolucionar ainda mais o jeito como pensamos e criamos software.
O mercado está super aquecido, seja para trabalhar em grandes empresas, startups, empreender ou para quem trabalha como freelancer.

A carreira freelancer pode ser uma ótima opção para desenvolvedores que desejam se manter atentos às tecnologias do momento. Os profissionais que já trabalham dessa forma recomendam a carreira autônoma por ela possibilitar o desenvolvimento de projetos em diferentes tecnologias permitindo, dessa forma, que se adquira experiência e também pela melhoria de seus portfólios.

Além disso, por prezar por sua reputação online, desenvolvedores freelancers estão se apresentando como profissionais responsáveis e comprometidos com os resultados de seus trabalhos. Por esse motivo, esse perfil de profissional está chamando a atenção de muitas empresas, que veem uma ótima oportunidade em contratar alguém qualificado e com um ótimo custo-benefício.

A Crowd, plataforma voltada para o mercado de Marketing e Tecnologia, criou um algoritmo diferenciado para contratação de freelancers. Através de inteligência artificial, os contratantes realizam buscas e o sistema sugere automaticamente os profissionais mais adequados para cada trabalho. Dessa forma, os clientes só entram em contato depois de visualizar o perfil do profissional, evitando assim, disputas, leilões e a diminuição drástica nos valores contratados.

Empresas de tecnologia, agências e startups já contratam freelancers via Crowd e, atualmente, desenvolvedores são os profissionais mais buscados na plataforma.
Cadastre-se clicando aqui-.


BrazilJS é uma iniciativa NASC