[ Brasília ]

BrazilJS On the road Brasília

17 de Novembro - Casa Thomas Jefferson, Asa norte, Brasília

Palestrantes

  • Keynote

    Túlio Ornelas

    Klarna

    Lead Software engineer na Klarna, atualmente morando na Suécia. Apaixonado por linguagens de programação e sistemas distribuídos, sommelier de memes nas horas vagas.

  • Keynote

    Taynaah Reis

    Moeda

    Taynaah Reis é engenheira de software autodidata, reconhecida pela sua vasta experiência profissional e atuação em projetos voltados para o cumprimentos dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU. Está no centro das discussões sobre os próximos passos das relações sociais e econômicas. Idealista e vocacionada pelo propósito em transformar a realidade de comunidades economicamente excluídas, é atualmente CEO da Moeda.

  • Matheus Monte

    Samsung Sidia

    Desenvolvedor com quase 10 anos, trabalhando com diversas tecnologias entre mobile, web e cloud. Já passou por empresas como Nokia e Microsoft, hoje atua como Web Engineer and Solutions architecture no Samsung Sidia em Manaus. Além de tentar ser o mais ativo que pode na comunidade open source, com contribuições para projetos do Uber, Airbnb, Microsoft, React-Ape

  • Raphael Moraes

    Movile

    Engenheiro de Computação formando pela PUC-Campinas com bi-titulação em Engenharia de Software e Gestão, Marketing e Empreendedorismo, atualmente trabalha como Engenheiro de Frontend para a Movile / Wavy Global tendo grande experiencia na stack de interface, sendo um evangelista do Javascript.

  • Larissa Abreu

    Valle

    Gamer, Front-End Developer, futura Suicide Girl, cantora nas horas vagas, PotterHead e web platform evangelist.

  • Fabricio Buzeto

    BX Blue

    Doutor em Computação Ubíqua, empreendedor e atualmente CTO da bxblue. A 15 anos desenvolvendo software, focado em desenvolver tanto os times como produtos que sejam realmente utilizados no mundo real.

  • Diego Pinho

    Code Prestige

    Desenvolvedor de Software, fundador da Escola de Programação Code Prestige, professor de programação na Escola Móbile, autor de livros pela Casa do Código e autor no portal e revista iMasters.

  • Alane Pontes

    Rivendel

    Engenheira de Soft/Data atualmente trabalhando na Rivendel + Mandic

  • Bruno da Hora

    Pipefy

    Bacharel e Mestre em Ciências da Computação pela USP. Comecei a carreira como desenvolvedor Java e aos poucos fui migrando para a área de front-end. Meu primeiro contato foi desenvolvendo aplicações mobile onde fui me apaixonando por desenvolver telas com excelente usabilidade e design. Como CTO na Trackmob passei a trabalhar com React e React Native, e atualmente sou desenvolvedor sênior no Pipefy trabalhando com React. Também organizo o Meetup de React em Curitiba e participo da organização do Meetup de Agile.

  • Wellyngton Amaral

    Easynvest
    SOU UM DESENVOLVEDOR QUE COMEÇOU SUA CARREIRA COM JAVA, PORÉM HÁ UNS 3 ANOS RESOLVI ME AVENTURAR NO JAVASCRIPT.
    HOJE TRABALHO COMO FRONTEND SÊNIOR NA EASYNVEST E TENTO APLICAR CONCEITOS DO MUNDO FUNCIONAL NO JAVASCRIPT.
    RECENTEMENTE VENHO ESTUDANDO ELM E TENTANDO APLICA-LO NO MEU DIA A DIA.
  • Felipe Soares

    Codeminer42

    Desenvolvedor Web, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Interessado em comunidades e novas tecnologias. Co-organizador do Sorocaba CSS e Codepen Meetup Brazil. Atualmente programando computadores para fazerem beep boop na Codeminer42.

Programação

Sábado, 17 de Novembro

  • Registration & breakfast

  • keynote

    Taynaah Reis
  • Nessa talk pretendo explicar um pouco sobre o paradigma funcional e quais as diferenças do paradigma OO. Depois pretendo apresentar alguns conceitos básicos de elm (explicando suas vantagens comparadas ao javascript). Pretendo fazer um pequeno handson resolvendo um problema simples utilizando elm ná prática.
    Wellyngton Amaral
  • Coffee Break

  • Durante o desenvolvimento do CMP: Gestor de Nuvem, Gestor de Data Lake, Monitoramento e etc, foi necessário uma arquitetura distribuída que desse suporte a isto. Nós usamos Kafka, GraphQL, Node, Bancos NOSQL e SQL, Lambdas e outros serviços para nos garantir alta disponibilidade e comunição entre nossos serviços.
    Alane Pontes
  • Cada vez mais a internet tem sido dominada pelas SPAs, aplicações javascript que tornam a experiência dos usuários muito melhor. Porém, isso fez com que o tamanho e complexidade dos arquivos e códigos javascript que usamos crescessem absurdamente. Para nos ajudar a solucionar esse problema a comunidade desenvolveu o webpack um empacotador de módulos que transforma nosso projeto javascript em algo utilizável para o usuário na web. Nesta palestra veremos como se aproveitar desde conceitos básicos do webpack, como loaders e code splitting, até as novidades do Webpack 4.0 para otimizar nosso bundle.js e entregar uma experiência ainda melhor e mais rápida para nossos usuários.
    Bruno da Hora
  • Já pensou em trazer a experiência da realidade aumentada para dentro do seu navegador? Agora já é possível! Nesta palestra veremos como realizar experimentos com Realidade Aumentada com códigos de 10 linhas!
    Diego Pinho
  • Lunch

  • Larissa Abreu
  • A idéia dessa conversa é contar sobre a adoção em pequenas doses do uso de React para melhoria da usabilidade de um produto já existente e com quase 200k acessos mensais e uma base de código de 2 anos de idade. Explicando como foi a decisão de seu uso, a abordagem de implantação, os benefícios colhidos e também os erros cometidos.
    Fabricio Buzeto
  • Mostrar as novidades de renderização assincrona que o react permitirá nas próximas versões, além de demonstrar o novo formato pensado sem os tradicionais métodos "componentWillMount , componentWillReceiveProps e componentWillUpdate" e que outras novidades veremos em breve dentro do react.
    Matheus Monte
  • Coffee Break

  • O que é reatividade e como ela pode revolucionar o seu mundo! Entenda Patterns, paradigma e como é possivel aplicar a sua aplicação.
    Raphael Moraes
  • Aplicações maiores, APIs confusas, dados de mais, dados de menos, a personalização e explicitação trazida pelo GraphQL se propõe a dar um jeito nisso. Como podemos manter um código legível e menos complicado delegando os estados de uma aplicação e redescobrir a forma de construir APIs e consumir as mesmas de forma elegante e explícita.
    Felipe Soares
  • keynote

    Escalando a cultura de colaboração: Como revolucionamos o nosso jeito de desenvolver ao maximizar a colaboração no trabalho diário, na arquitetura dos sistemas e no modo de projetar a experiência do usuário.
    Túlio Ornelas
  • After


BrazilJS é uma iniciativa NASC