[ RSJS ]

RSJS 2018

Senac - R. Cel. Genuíno, 130, Porto Alegre

30 de Junho Senac - R. Cel. Genuíno, 130, Porto Alegre

Palestrantes

  • Matheus Martins do Rego

    Matheus é um desenvolvedor muito agitado e apaixonado pela tecnologia, sempre imaginando onde encaixar um pedaço de código que ajudará alguém. Focado na linguagem de programação que dominará o mundo, prega e espalha o JavaScript por onde passa. Desenvolvedor a mais de 7 anos, atualmente aprendendo muito no iFood, busca sempre evoluir em suas habilidades técnicas, nunca se esquecendo do lado humano da área.

     

    GitHub
    LinkedIn

  • Daniela Petruzalek

    Consultora de desenvolvimento sênior na Thoughtworks, Google Developer Expert em Google Cloud Platform e organizadora do Women Who Go. Nas horas vagas sou corredora, amo games e meus dois gatos pretos.

    Twitter
    LinkedIn

  • Andreza Rocha

    Apaixonada por gente, tecnologia e inovação. Organizadora do AfroPython e do Django Girls Porto Alegre. Há 13 anos atuando em gestão de pessoas, especialmente na área de tecnologia da informação.

    Twitter
    LinkedIn

  • Camilla Martins

    Punk, paulista, santista e alucinada pela Marvel. Fundadora da iniciativa NodeGirls, coordenadora do GDG Porto Alegre e líder local do Women Techmakers. Formada em ADS, trabalho como Software Consultant na ThoughtWorks e sou desenvolvedora freelancer há mais de 5 anos, atualmente com foco em fullstack development. Nas horas vagas, estou codando (também!) e cuidando de felinos e ratinhos de estimação.

    Twitter

  • Alline Oliveira

    Alline Oliveira é certificada como Google Developer Expert, devido a seu trabalho em Cloud Computing. Já desenvolveu para Nike, Citibank, Qualcomm, Universidade da California, TAM, Anatel, Serpro, dentre outras. Hoje é a CEO e CTO da fintech Crebit

  • Natalia Raythz

    Natalia Raythz, 24 anos, portadora de deficiência auditiva, graduanda em análise e desenvolvimento de sistemas de Senai/RS, programação por amor, hoje trabalhando como BigData, programadora nas linguagens Assembly, C, C++, Java, JavaScript e Python, entusiasta de software livre e open source, mãe de 10 gatos, torcedora do Peñarol e bass player nas horas vagas.

    Twitter
    GitHub

  • Robson Junior

    Developer Engineer na empresa Terra Networks S/A no time de Tecnologia em Porto Alegre. Possui histórico nos times de: SVA, Tecnologia Portal, Entertenimento. Atualmente membro do primeiro time FullDevOps focado em Tecnologia de E-mail.

  • Débora Duarte

    Dev lover, feminista e rata de eventos, formada em Técnico em Informática. Front-end e uma das organizadoras da maior conferência de JavaScript do universo, entre outros eventos. Lead do Developer Circles from Facebook Porto Alegre. Youtuber, apresenta o próprio canal, o Error404, e também a BrazilJS Weekly.

Programação

30 de Junho

  • Checkin

  • Quem são as pessoas que escolhem as pessoas? Como uma área que não é diversa pode ter e trazer o olhar da diversidade para dentro da organização? Quantas pessoas negras você já conheceu no RH de empresas de tecnologia? Porque é tão dificil para os profissionais dessa área reconhecerem a existência de seus vieses inconscientes e como tantas vezes eles prejudicam a construção de grupos diversos. Racismo nos processos seletivos: evitando e combatendo.
    Andreza Rocha
  • Coffee Break

  • Como o iFood, maior startup de delivery de comida da américa latina, revolucionou a experiência de seus parceiros utilizando JavaScript e seus poderes. Superando problemas na resiliência de uma aplicação desktop, otimizando a logística de entrega, trazendo visibilidade e confiabilidade para milhares de restaurantes, entregando milhões de pedidos por mês.
    Matheus Martins do Rego
  • Vocês já ouviram falar do Twelve-Factor App, que são dicas que formam uma metodologia sobre construção de um SaaS? Então... e o que seriam as 12 dicas para um Twelve-Factor People, lidando com pessoas e feedbacks dentro de sua equipe de TI? Se temos um SaaS, poderíamos ter um PaaP (people as a PARTNER ;))?
    Camilla Martins
  • Almoço

  • Como desenvolver um Mínimo Produto Viável (MVP) que seja flexível, utilizando o mínimo de código possível em sua construção. Tecnologias como PWA, Ionic, Firebase e Analítica estão aí para facilitar em muito essa tarefa de simplificação com eficiência
    Alline Oliveira
  • Esta palestra é baseada na famosa talk WAT (https://www.destroyallsoftware.com/talks/wat) que mostra as inconsistências do JS em especial com relação ao operador == mas também em outros cenários. O objetivo é ir alem do efeito humorístico e mostrar o porque das coisas serem como são.
    Daniela Petruzalek
  • A palestra fala sobre o que é e o que faz um profissional na area de bigdata, quais aplicações usam e como é o mercado de trabalho.
    Natalia Raythz
  • Coffee Break

  • Descrição: Essa API permite que os sites interajam com o sistema de senha do navegador do usuário, de modo que as aplicações possam lidar de maneira uniforme com as credenciais, simplificando e enriquecendo a usabilidade e gerenciamento.
    Robson Junior
  • A pouco tempo aconteceu uma grande polêmica sobre ser ou não ser verdade a morte do Redux. Mas será que ele morreu? E se sim, qual o impacto e o que isso significa?
    Débora Duarte
  • Encerramento


BrazilJS é uma iniciativa NASC